sábado, 2 de agosto de 2008

Amigos Virtuais

Esse é um assunto que sempre tive vontade de abordar, porque eu vivo em meio a relações virtuais desde que descobri a internet (aliás, antes disso), e ao mesmo tempo em conflito com as pessoas do meu mundo "real" que não acreditam ou não entendem como e nem porque isso acontece. É um assunto que sempre dá o que falar e cada um tem uma opinião muito pessoal, baseada em experiências próprias ou de pessoas próximas, ou no que comumente vê e ouve falar sobre o assunto, e não há, e nem existe como haver, consenso nas opiniões. Como eu sou uma verdadeira defensora das relações e interações humanas, sejam elas como forem, estou aqui hoje para agir como advogada de defesa dessa forma de amizade que muitos pensam ser algo de agora mas na verdade é mais antigo do que a gente imagina...


Há quem diga que é impossível fazer amizades verdadeiras à distância, sem contato físico, sem dia-a-dia, sem olhar nos olhos, essas coisas todas que teoricamente vivemos com nossos amigos da "vida real" (sim, teoricamente, porque eu não sou 100% verdadeira com ninguém, nem comigo mesma, quanto mais com alguém que viva fora dessa cabecinha confusa aqui). E muitos julgam que isso seja um "mal" da sociedade moderna, que as pessoas estão deixando de interagir entre si fora da realidade virtual, e subsituindo essa "realidade" por uma "fantasia", criada no mundo virtual. Ora, isso realmente acontece, e bastante. Muitas pessoas usam a internet como subetrfúgio para fingir serem algo que não são, para se aproveitar de situações e pessoas, para fugir da realidade, para fazer mil e uma coisas, porque se tem uma invenção humana que possibilitou dar asas a qualquer fruto imaginário, foi a internet. Mas pessoas que fazem isso na internet com certeza o fazem fora dela. Portanto nesses casos não é o meio que prejudica o relacionamento, mas as próprias partes. E como tudo na vida, existem os que usam a rede para coisas muito ruins (socialmente falando), mas também os que a usam para coisas muito boas. Escrever aqui, por exemplo, é algo mto bom, e ler todos vocês também! =)

Existem muitas formas de se conhecer alguém, a internet é só uma delas. Da mesma forma que muitos de nós adora uma balada, adora estar em contato face a face com as pessoas lá e fazer amigos dessa forma, algumas simplesmente não se importam de começar uma relação amistosa através das palavras escritas, que é o nosso caso. Aliás, muitos já faziam isso antes da invenção da internet. Eu ainda lembro das revistas de adolescente lá das meadas dos anos 90 e sua sessão de classificados, onde vários anúncios de amizade eram publicados, dando o endereço do futuro amigo para contato, e tudo mais. Era só escrever uma carta e enviar e aí, talvez, começar um relacionamento, que poderia dar certo ou não. Eu, que sempre adorei escrever, fiz muitos amigos através de cartas, pessoas que conheci rapidamente em um retiro da igreja e com quem continuei me comunicando por anos através das palavras escritas, amigos de amigos, primas de primas, todas pessoas maravilhosas com quem não tinha contato nenhuma fisicamente, mas toda vez que o Correio passava pela rua era uma comoção, a espera pela "vinda do amigo" que vivia tão longe. O que são os emails e sites de relacionamento (como orkut, facebook, last.fm) hoje em dia, se não uma extensão e até catalisadores desse tipo de amizade? A amizade feita por correspondência é algo muito antigo. O conceito de "pen pals" (ou "amigos de caneta", em português), amigos que fazemos em outros países com a intenção de aprender sobre outra língua e cultura sem sair do nosso próprio país, existe há pelo menos um século e é uma prática muito comum nos Estados Unidos. Isso me lembra inclusive um filme, "Nunca te vi, sempre te Amei", onde o assunto é tratado de forma tão bonita, a troca de correspondências entre um homem inglês, empregado de uma livraria de antigüidades, e uma mulher americana apaixonada por livros antigos. Hoje em dia fazemos isso ainda, só que de forma muito mais prática, usando a internet. E o melhor é quando esse contato deixa de ser apenas virtual, para se tornar algo real. Receber um abraço daquele amigo que a tanto tempo te ajuda com palavras, ou ainda divide seus bons e maus momentos com você, é algo maravilhoso e inexplicável.

Enfim, o que eu queria mesmo com esse texto era dizer pouco importa a forma como uma amizade começa. Que as relações humanas vão muito além de abordagens diretas, de toque, de olho no olho, de palavras trocadas. Isso tudo é importante, sim, na construção de algo maior, mas o que conta realmente é o sentimento de amizade, a vontade de conversar, estar próximo (mesmo que "próximo" signifique on line ao mesmo tempo no msn =); é estar sempre a disposição e encontrar também a mão amiga quando se precisa, venha ela de onde for e da forma que for. Que atire a primeira pedra aquele que nunca recebeu força e coragem de quem menos esperava! Nem sempre o caminha usual é o único, o conhecido nem sempre é o mais fácil E nem sempre o que precisamos está ao nosso lado... Muitas vezes está lá do outro lado, que hoje em dia já não é mais tão difícil de alcançar. Ainda bem. =)
---------

Esse texto é dedicado a todos meus queridos amigos blogueiros. E especialmente para duas amigas que merecem muito essas palavras, cada uma por suas razões pessoais: Drummer e Susanna, meu coração está com vocês. =)

Imagens: Flickr

16 comentários:

Leandro Neres disse...

Vc desistiu do msn¬¬

=p

Bjs

Nanael Soubaim disse...

Amigo real não tem rosto e não precisa acompanhar às festas.

DrummerChick disse...

Apoiado!!! ^^

Francine Esqueda disse...

Olá?!! Aproveitando o fim de semana??
Espero que sim!
Eu estou atolada de trabalho e compromissos, por isso passo rapidinho, para dar aquela fuçada básica e agradecer sua super visita.
Beijos e...
Aproveite o domingão

Du disse...

Concordo com tudo o que você disse e qualquer coisa que eu diga a mais, será redundância! ^^

Indiquei um meme pra você participar, mas não se sinta na obrigação, só responda se quiser, tá?

Beijão

Jhoy disse...

Eu acredito em amizades virtuais, e não me importo com as provocações ou críticas alheias (que recebo muitas, já "comprei" muita briga por isso). Os anos passam e descubro que tenho grandes amigos virtuais, e que eles valem essa minha insistência.

Ainda quero conhecer todos pessoalmente, e aproveitá-los enquanto puder!

Adorei o texto Loli!
Abracinhos e saudadinhas... rss

DrummerChick disse...

Ló, eu num entendo nadica de nada de cinema! Faz um roteiro pra mim?

Lorena disse...

Sério, Pri?? Uia! Faço, com todo prazer. =)

Thá disse...

Vc desistiu do msn¬¬ [2]


Adoreeei!!! =D
Eu tenho amigos virtuais há muuuito tempo! Desde o icq (será que sou velha?! =P)
Me senti beijada e abraçada com esse texto, Lóris!
Acredito que ainda vou te abraçar ao vivo e a cores! =D

Susanna Martins disse...

Amizade é tudo mesmo... e vc é uma amiga e taaanto, obrigada por toda força, viu?!!
Beijão

angela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Oi Lorena...eu não tenho mais blog, mas continuo visitando meus amigos. Pena que nunca nos falamos no msn! Adorei o texto e concordo plenamente com vc...Atravez do blog fiz amizades que me são caríssimas, mais até do que algumas que estão ao meu redor...tenho vergonha nenhuma e acho otimo poder interagir com pessoas inteligentes, criativas e bem humoradas. Adoro....
Beijo
A anonima é a Agda Gabriel.

Lorena disse...

Agda, é uma pena vc ter deixado o blog... mas entendo vc. Vou sentir falta do Pintura Íntima, e espero que um dia vc possa voltar com ele... =)

beijos!!

NANDO DAMÁZIO disse...

Que lindo, Lô!
Aff, essa blogosfera anda tããão sentimental! :´)

Nati disse...

Peraí! Pausa! Deixa eu ler de novo.
A Agda deixou o blog? Como assi, Bial?
Eu não acredito que ela tenha feito isso. Poooxa, a Agda era minha amiga virtual das que eu mais gostava, aliás, gosto.

Tá vendo? Isso é amizade virtual. É estar nesse momento com muita saudade da Agda, mesmo sem saber como é a voz dela.

Um beijão, Lorena.
Você também é minha amiga, viu?!

Leandro Neres disse...

A propósito, gostei muito dessa sua abordagem, eu já questionei mto tudo isso, mas vejo que estava errado...
Concordo com o q vc disse :)
Bjs