terça-feira, 4 de março de 2008

Tempos Modernos


Eu hoje ouvia essa música do Lulu Santos e pensava... Porque eu costumo fazer isso, ouvir música e filosofar em cima da letra, ou ainda relacionar a letra com qualquer momento que eu esteja vivendo. Pois bem, vinha eu para casa de carona enquanto o Lulu Santos tocava no som do carro, e eu pensando como concordo com a letra dessa música, em todos os sentidos. E como tenho medo dos tempos modernos que cada vez se parecem menos com o que a música canta.

Eu sou uma otimista nata, sempre vendo o lado bom de tudo, sempre procurando o brilhozinho na escuridão, sempre tentando ver a vida melhor, seja no futuro como no presente. E sempre o que me barra, sempre o que me desarma e me faz desacreditar (quando chegam ao ponto de me fazer desacreditar é porque a situação já está crítica) é o ser humano, sua ganância e sua hipocrisia. A hipocrisia está em todo lado, faz parte de todo grupo, principalmente daqueles que se dizem não ter defeitos. Porque o primeiro a jogar a pedra é aquele que mais tem motivos pra ser apedrejado. Sempre o que aponta o dedo é o que teme ser apontado. A estratégia é mostrar o defeito do outro para tentar ocultar o seu. Como eu detesto hipocrisia! E não existe nada mais antigo e ainda assim nada mais moderno do que gente hipócrita sobre a face da Terra... Quando eu penso no que a ganancia, aliada à hipocrisia, podem fazer e estão fazendo com o nosso planeta e com a vida que está sob ele, sinto até vontade de chorar. Quanta injustiça, quanto desamor, quanta violência e soberba... Tudo porque uns se acham melhores que outros, porque se acham certos e superiores, e porque acham que podem usar e abusar do que quiserem por isso. E é nesse mundo, que perece cada vez mais nas mãos do ser humano ganancioso e hipócrita, que nós vivemos. Tempos modernos, que são tão antigos quanto o homem.


Quando eu penso no futuro e no que eu gostaria que ele nos reservasse, eu imagino um mundo primeiramente justo. Um lugar onde as pessoas teriam seus direitos garantidos, onde não precisassem sobreviver, mas viver dignamente com todos os subsídios necessários para tanto. Aonde não houvesse fome ou guerra, aonde a diplomacia imperaria sobre a violência e haveria paz. Eu gostaria de viver num lugar onde as pessoas pudessem amar, amar de verdade o próximo, sem medo, livre... O amor que é divino, que é um dom e que é a única forma de salvação. Que esse amor não fosse cheio de amarras a convenções sociais, que fosse apenas sincero e verdadeiro e que enaltecesse sempre a sua vida e a do outro. Gostaria que as pessoas julgassem menos e amassem mais. Pessoas que soubessem conviver com as diferenças, que estivessem dispostas a ouvir e entender o lado do outro, mesmo quando não concordassem. Pessoas que fossem verdadeiras com seus sentimentos e com seus propósitos, que tivessem ideais e que não atropelassem o outro por poder. Queria que as pessoas do presente e do futuro olhassem com mais carinho para o mundo onde vivem, que não destruíssem o que ainda existe dele, mas ajudassem a construir um mundo melhor, sempre.

E o tempo voa e não volta. Agora é daqui pra frente. Agora é com cada um de nós. E eu quero acreditar que vamos conseguir mudar o quadro e que os tempos futuros serão menos assustadores que os modernos.

3 comentários:

e disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Éverton Vidal disse...

Nossa... eu tenho esperança. Quero ter pelo menos e isso faz com que ela surja de alguma forma...

Mas que tá difícil, tá. o Homem nao muda, cada vez se torna mais alienado da natureza da qual é um filho.

Boa reflexao Lorena. Estamos juntos nessa expectativa.
Bj.

Bruna disse...

Lorys, você tá muito hippie! hahahaha
Tô brincando, acho que a gente pensa que isso é o que todo mundo quer, mas se quisessem mesmo, o mundo não estaria assim.
Mas ainda acho que existem bons lugares para viver, é que a gente vive num dos piores lugares e então meio que perde as esperanças em relação ao resto. Eu sei que as pessoas são hipócritas em qualquer lugar, mas alguns pelo menos oferecem mais vantagens.
Ei, eu te passei coisas lá no meu blog! hehehe
Beijos!!