quinta-feira, 3 de abril de 2008


Few and Far Between - 10,000 Maniacs


Times are far between, and few I bet,
when we can look upon our lives without regret.
Os tempos estão distantes, e são poucos eu aposto, nos quais podemos olhar sobre nossas vidas sem nenhum arrependimento
Of all the things I have done, you think I'm proud
of everyone without exception?
De todas as coisas que eu fiz, você acha que eu me orgulho de todas elas, sem excessão?
'Till you make your peace with yesterday, you'll never build a future.
I swear by what I say.
Até que você faça as pazes com o ontem, você nunca construirá um futuro. Eu falo sério.
Whatever penance you do, decide what it's worth to you
and then respect it.
Não importa a penitência que você receba, decida o que é importante pra você e respeite isso.
However long it will take to weather your mistakes,
why not accept it?
Não importa quanto tempo demore para suportar seus erros, por que não aceitá-los?
My hands, for now, are tied.
I'm a body frozen.
I'm a will that's paralyzed.
Minhas mãos, por agora, estão atadas. Eu sou um corpo congelado. Eu sou uma vontade que está paralizada.
When will you ever set aside your pain and misery?
Quando você vai finalmente acabar com sua dor e miséria?
No matter how I beg,
no matter how I wish or plead,
you'll never be more than alive.
Não importa o quanto eu implore, não importa o quanto eu deseje ou alegue, você nunca estará mais do que vivo.
You'll never do more than survive until you expect it.
Você nunca fará mais do que sobreviver até que você espere por isso.
Do you want to build a world with our lives?
You better soon decide or you can forget it.
Você quer construir um mundo com nossas vidas? Melhor se decidir logo ou pode esquecer.
My hands, for now, are tied.
I'm a body frozen.
I'm a will that's paralyzed.
Minhas mãos, por agora, estão atadas. Eu sou um corpo congelado. Eu sou uma vontade que está paralizada.
'Till you drop that heavy baggage you're dragging behind,
there won't be room for us to both go this ride.
Até que você se desfaça dessa bagagem pesada que você está arrastando consigo, não haverá lugar para nós dois seguirmos nessa caminhada.
------------

É que às vezes eu me pergunto porque não damos chances para as coisas boas acontecerem, porque temos que carregar fardos pesados nas costas que são desnecessários, muitas vezes nem são nossos, porque não assumimos nossos medos, nossos erros, nossas opiniões perante o mundo... Qual o problema em você ser você e eu ser eu? Por que se lamentar de coisas que estão além do nosso poder de mudança, e porque não mudar aquelas que podemos?

Hoje estou cheia de perguntas e sem muitas respostas. Deixo as minhas dúvidas com vocês.

4 comentários:

tiago.augusto disse...

ó, eu podia até tentar te ajudar, mas tô na merma... muito mais perguntas q respostas...
*suspiro*

Adriano Caroso disse...

Até hoje tenho um bloqueio com a música estrangeira por causa da língua. Quando não entendo a palavra, quase não entendo nada. O inglês então, para mim, é o pior de todos os idiomas. Preconceito puro. Quando vejo ou ouço algo nessa língua, sempre acho que é uma mensagem banal. Mas, como toda cultura, as palavras existem, sejam elas consistentes ou não. Vendo esta tradução, vejo como sou um babaca. Devia aprender primeiro e julgar depois. Se português fosse o máximo, Chico Buarque tocava nas rádios. Beijos!

Amigao disse...

Muito linda a letra da música.
As perguntas são muitas, mas a resposta está ali a nossa frente e a gente não entende.
Talvez pq seja simples demais.E a gente tem mania de não aceitar as coisas simples.
Beijão do amigão!

Éverton Vidal disse...

Suas dúvidas sao as minhas... E as respostas? Eu nao tenho :S.

Gostei da letra...