quinta-feira, 12 de junho de 2008

Hoje é (foi) dia dos namorados, é, eu sei, todo mundo sabe. Dia em que os casais andam ronronando apaixonados pelos cantos, meninas esfregam buquês de flores na cara uma das outras (o meu é mais bonito!), rapazes saem de casa perfumados e muito bem arrumados em direção à casa das amadas... E todos os solteiros ficam em casa chupando o dedo e sonhando com o príncipe/princesa encantados. Aquele que vai chegar de repente, montado num cavalo branco (ou Monark prateada, às vezes CG 150 cilindradas), ser o mais perfeito e gentil dos homens, te defender de todos os "ogros" que cruzarem seu caminho, te pedir em casamento da forma mais romântica e te fazer feliz para sempre! Ou aquela, a prometida, a escolhida, com voz suave, perfumada como um buquê de rosas, formosa, delicada, sempre preocupada com o amado e pronto pra lhe fazer o homem mais feliz do mundo!



E será que isso existe??

Minha opinião é: não. Não existe, e convenhamos que graça teria se existisse alguém que chegasse ao ponto de advinhar tudo que você deseja, nunca te contrariar, sempre te proteger, sempre fazer tudo por você... Que graça teria essa perfeição? Aliás, isso é mesmo perfeição?

Pra mim, perfeito é aquele que me surpreende de vez em quando, porque o de sempre perde a graça. É a que discorda da outra opinião sempre que necessário, que briga quando está certa, e mesmo quando está errada, por que é independente pra ter opiniões próprias. É o que briga quando eu faço algo de errado, puxa minha orelha, e me manda voltar pro caminho certo. É a que chora na TPM, achando que a vida é uma porcaria, que ninguém a ama, ninguém a quer, só pra acordar no outro dia dando bom dia a passarinho como se nada tivesse acontecido. É o que xinga quando o time do coração perde, assiste desfile de Miss pra provocar ciuminho, queima as panelas tentando fritar um ovo e às vezes esquece a toalha em cima da cama. Perfeito pra mim é ser normal, é ser humano. É a única perfeição que eu e o resto da humanidade também (mesmo os que ainda não se deram conta) buscamos no final das contas.

"A Princesa percebeu que o Príncipe Encantado do Castelo de Cristal era um bobão. E que aquele homem, de carne e osso e emprego e salário e contas a pagar, era muito mais interessante. Casou-se com ele e viveram felizes para sempre."

17 comentários:

osátiro disse...

Desculpa, não estou a perceber, ou é mesmo dia dos namorados?
Em Portugal(e na Europa) é no dia 14 de Fevereiro.
Ou queres dizer que é todos os dias?
Bjs

Lorena disse...

Ah, não, no Brasil é mesmo dia 12 de Junho. =)
beijos!

Leandro Neres disse...

Uia, visita Lusitana!
Já diria Nietzche Ecce Homo! Adão, para alguns, na mais crua forma de ser. Jesus, para outros, na mais plena forma de ser e de amar. Somos seres mortais, com dores de gargantas, contas a pagar, dinheiro a conquistar, familia a ajudar, a constituir, a trabalhar...
Adorei tua definição de amor e
sobre a relação amorosa. Nem sei o que dizer.
Também não busco uma princesa e sim, uma mulher. Alguém para crescer, aprender, desiludir, namorar, cometer pecados, chorarmos juntos, enfim, amar...
Enfim, muitos reclamam desta data, mas é sempre bom refletirmos sobre estas questões, nossa forma de amar que pode ter sido equivocada no passado. É sempre um ritual iomportante, independente do comércio e esses bla blas...
Enfim,

Amo

Feliz dia dos Namorados =)

Bjs
Leandro

Patrícia disse...

Pior que esse dia me faz, realmente, pensar em como deve ser bom ter alguém do lado. Sempre fui tranquila com relação a isso, mas hoje meio que me bateu uma deprê ;D
E, com certeza, essa perfeição toda não é legal. Uns defeitinhos aqui e ali, uma outra opinião, fazem a diferença em uma pessoa.
Bjs,
Patrícia

Anônimo disse...

Nossa, e o que é aquela tatuagem do DNA? Muito criativa! Adorei!

Anderson Tadeu Sgrancio disse...

apesar de ser realista, me diverti muito com o texto... gostei da maneira que escreve...
bjs

tiago.augusto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
tiago.augusto disse...

poizeh... o q o povo confunde é esse conceito de perfeição... desde qdo um Príncipe (ou Princesa) bobão é perfeito?
perfeito é "queimar as panelas tentando fritar um ovo" (*imaginando a cena* hahahahha)... é saber que aquela que te xinga na TPM é perfeita, justamente por isso...

enfim, depois do dia dos namorados, nada melhor que uma sexta-feira 13, heheheheheh

baccio. o/

DrummerChick disse...

Achei meu rímel! Yay! \o/

O Profeta disse...

Sou!? Serei apenas um desalinhado?
Pensador fugitivo ao agreste sonho
Uma pedra pensante no meio da ilha
Meio Homem, meio Arcanjo, um ser bisonho


Convido-te a navegares esta vaga de sentires


Bom fim de semana


Mágico beijo

Du disse...

Oi Lorena!
Acho que o segredo do amor é encontrar alguém que goste do nosso jeitinho exatamente como a gente é, com neuras, manias e qualquer outra coisa!Ninguém deve mudar pra agradar ninguém, né?
Adorei o seu texto!

Beijão

Susanna Martins disse...

Essa minha visinha é mto chique... visita lusitana!!! rs..
Mee bem, tem presentinho pra vc lá no blog!!!
Beeijoooos

Agda Gabriel disse...

AMAR É TUDO DE BOM, NAMORAR, BEIJAR NA BOCA, VIVER COM QUEM SE AMA DE VERDADE...NÃO É SONHO NÃO! ISSO ACONTECE! TEM PRESENTE PARA VC LA NO MEU BLOG! SAUDADE

Susanna Martins disse...

É, realmente eu faço e niver e meus amigos queridos q recebe os presentes... rs..
Respondendo sua perguntinha: eu faço faculdade na unisul, todo dia vou e volto... cansaço!! rs...
Beijo grande e bom FDS!!!!

Cadinho RoCo disse...

Percebo em você romantismo incomum.
Cadinho RoCo

Éverton Vidal disse...

Ótim texto de dia dos namorados. Um texto que poe nossos pés no chao sem tirar a cabeça das nuvens, pois é esse equilíbrio, pé-no-chao-cabeça-no-céu que faz a vida ter sabor - sabor de vida mesmo.

Eu gostei, os contosde fadas nao existem na realidade e se existissem seriam chatos, ou nao seriam fantásticos. A vida simples já é fantástica por si.

Mas pra que falar mais? O texto já é perfeito. Muito bom Lorena, sua criatividade tá atiçada rsrs.

Inté!

Adriano Caroso disse...

Perfeito esse texto. Aliás, será que existe perfeição? Não sei, só sei que amei as palavras e assino em baixo de todas elas. Beijos!