domingo, 17 de agosto de 2008

Tudo ao mesmo tempo agora!

Pessoas queridas, que me lêem com tanto carinho, eu sei que ando postando pouco, muito menos do que eu gostaria, e sinto informar que de agora em diante devo postar menos ainda... Acontece que esse é meu último período na Universidade, e eu estou correndo atrás de uma vaga no mestrado, além de estar toda enrolada com a minha monografia. Quer dizer, não estou exatamente enrolada, até que as coisas estão andando. Mas as pressões existem de todos os lados, inclusive de dentro pra fora. E semana passada eu descobri que a prova do mestrado é muito antes do que eu imaginei, no dia 01 de outubro, o que me dá menos de dois meses para estudar e me preparar. Se fosse só o mestrado e a monografia, tudo bem; mas ainda estou correndo contra o tempo para preparar dois trabalhos para um congresso no final desse mês e estou cursando a disciplina mais temida do meu curso: Introdução ao Eletromagnetismo, mais conhecida como Física 194. Física não é nem nunca foi meu forte; eletromagnetismo, então, não sei nem pra que lado venta! Então, o jeito é enfiar a cara nos livros...

Mas não pensem que eu vou abandonar isso aqui, de jeito nenhum! Só vou postar com menos freqüência, pelo menos textos meus. Mas volto, now and then, e podem deixar que não vou deixar de prestigiar vocês, isso eu prometo. Afinal, ler é o que eu mais gosto de fazer e é meu descanso nas horas vagas; vou aproveitá-las pra ler tudo que vocês postarem. Bom, além desse recadinho, eu queria deixar aqui um link para o blog do Urbano, um post que ele escreveu como resposta (e complemento) ao meu post passado. É incrível como ele conseguiu escrever tudo o que eu gostaria de ter escrito no meu próprio texto! Vale a pena dar uma passada lá no Sensata Paranóia, e conferir o texto. Um trechinho que é muito significativo, por ser exatamente o que eu penso: "Se há dois pontos-de-vista envolvidos em determinada questão, se há dois pratos na balança, é óbvio que a verdade não pode estar de um determinado lado. A verdade está sempre no equilíbrio entre estes dois (ou mais) pratos. Há que se buscar sempre o ponto de equilíbrio."

E pra não deixar nada pra trás, vou responder a um meme que a Thaís me passou há algum tempo e eu ainda não tinha feito:

Sete fatos inconfessáveis sobre mim

1- Eu tenho um diário. Não escrevo mais nele, mas já escrevi muito e tem coisa do arco da velha lá! Eu espero que ele nunca caia em mãos erradas, apesar de que eu tenho planos pra fazer ele sumir um dia. =P

2- Eu já fui fã da Thalia e das Spice Girls... sério. De ter CDs e a parede do quarto forrada de pôsteres!

3- Eu sou apaixonada por Barbies, até hoje. Se eu for a um shopping, obrigatoriamente passo por lojas de brinquedo pra saber das novidades. Mas eu gosto mesmo das Barbies mais clássicas e das edições comemorativas. Meu sonho é ter as Barbies da Audrey Hepburn em Bonequinha de Luxo e My Fair Lady!

E também a Barbie Dolls of the World da Irlanda! *.*

A minha prima ganhou essa Princesa Irlandesa quando tinha uns 11 anos e eu fiz com que ela prometesse nunca estragar a boneca na vida dela, ou ela iria se ver comigo! :P

4- Enquanto no cinema e na música eu sou criteriosa com meus gostos, na literatura eu não tenho critério nenhum. Gosto de tudo! Minha estante possui desde Florbela Espanca aos livros do Harry Potter (que eu amo, por sinal, tenho até alguns originais em inglês), passando por Olavo Bilac, Fernando Pessoa, Clarice Lispector, Milan Khundera, Sidney Sheldon, Danielle Steel, Meg Cabbot, Marian Keyes e até Dan Brown! Tá, mas eu confesso que do Dan Brown eu já enjoei, os livros dele são todos iguais.

5- Eu sou muito, muito, muito curiosa. Desde sempre eu gosto de revirar gavetas e armários antigos na casa da minha avó e lá em casa, pra ver o que tem de interessante dentro deles. Isso sem a permissão dos donos, o que faz com que eu saiba tudo que todo mundo tem guardado nas gavetas mesmo sem que eles saibam que eu sei... (ah, mas eu não leio cartas, nem diários, nem bilhetes de ninguém, que fique claro!)

6 - No terceiro ano do ensino médio, eu e minhas amigas resolvemos tirar uma com a cara de uma garota do segundo ano que era filha do prefeito da cidade, que concorria a re-eleição (e é um safado corrupto, diga-se de passagem, e esse ano concorre novamente pra prefeito lá): nós pegamos todos os santinhos e adesivos dele que ela distribuía na escola, como se fosse em apoio ao pai dela, e enfeitamos as paredes e os vasos sanitários do banheiro feminino com eles. Até dentro da privada tinha santinho! Pior que nós nem pensamos no trabalho que a faxineira teria pra tirar aquilo tudo, coitada...

7- Eu queria ser famosa, quando era pré-adolescente, queria ser atriz ou cantora (claro, que menina nunca quis isso). Eu chorava porque morava no interior e não podia fazer teste pra novela nem pra comercial, e enchia páginas e páginas do meu diário com lamentações sobre isso. :P


Eu repasso esse meme, que eu adorei fazer, pra Pri, pra Du, pra Susanna, pra Ju Pietra, pro Nando e pra Bruna, se ela por acaso passar por aqui.
----

Um bom fim de domingo pra todo mundo. o/

19 comentários:

Du disse...

Lô, eu simplesmente odeio física, nunca entendi e nem faço questão de entender! rsrsrsrsrss
Você diz que vai demorar pra postar e eu já estou com saudades antecipadas dos teus textos! :)

O Urbano realmente fez um belo texto em complemento ao seu, que para mim já estava perfeito!

Menina...Sete fatos inconfessáveis não é muita coisa não? rsrsrsrsrsrs
Obrigada por lembrar de mim para o meme, respondo assim que selecionar os "inconfessáveis", alguns são bem parecidos com os seus!!

Que você tenha um resto de domingo excelente e uma semana melhor ainda!

Beijo, florzinha!

Anônimo disse...

Muita força nestes próximos meses, você vai conseguir sim...
Gostei da postagem do Urbano, concordo plenamente com vcs :)
E o que mais gostei das confissões foram as barbies huaahuahuauha, sei lá, nem vou comentar kkk
Bjs!
Leandro

Francine Esqueda disse...

Looooooo... Que maravilha!... Depois alguns dias sumida, muito trabalho e muitos compromissos, chegar aqui e ver coisas bacanas é o máximo! Continue postando assim!
Amei as Barbies! Mas, graças a DEUS nunca fui fã da Thalia e das Spice Girls. Só dos New kids on the block! Rs....
Muitos beijos e ótima semana!

Éverton Vidal disse...

Lorena estou torcendo por você! Mas nao desapareça nao viu? Aparece pelo menos pra dar um oizinho rs.

Agora vou ler o link do Urbano.
Bj. Inté!

Du disse...

Lô, já postei seu meme...rsrsrsrsrs Você tá incluida nas minhas respostas! Espero que não fique chateada comigo...rsrsrsrsrs

Deixei um selo pra vc também!
Beijão

Lorena disse...

"E o que mais gostei das confissões foram as barbies huaahuahuauha, sei lá, nem vou comentar"

Isso porque eu nem confessei que eu ainda TENHO Barbies... Uma que fala, inclusive... Pode rir, todo mundo morre de rir quando eu apresento as minhas Baribes. =P

Thá disse...

Super querida, que você seja bem sucedida em todos os seus desafios!!!
E dpois me conta como foi a prova de mestrado, tenho meeeeedo!!



=*

Francine Esqueda disse...

Olá amiga?!
Para começar desejo uma super semana... Que presente vc me proporcionou com seu comentário! Nem sei como agradecer sua visita no sofá do amigão! Obrigada pela força e pela paciência! Suas simpáticas palavras me encheram de alegria!
Beijo grande

Su disse...

Ei Lolô!!!
Vlw pelo meme, aff!! rrsss...
Vou tentar responder, tá?!!

Ah... o nome dquela pedra de Guaratinga, é pedra do oratório!!
Mto booom o fds, viu?!!
Beijooos

NANDO DAMÁZIO disse...

Haha, que bonitinho isso da menininha da cidade pequena que quer ser famosa e chora em cima do diário, rs...

Lô, então você já leu Meg Cabot também? Eu tô lendo o segundo volume do "Diário da Princesa", hahaha... E já li toda a série "A Mediadora", adoro!

Brigadão pelo meme e até que suas confissões foram "comportadinhas", ri imaginado a cena das meninas espalhando panfletos de políticos pelo banheiro, rs...

E quanto à monografia nem chega ser uma novidade, porque todo blogueiro nessa idade dá uma pausa por cauda disso, tô até acostumado... Boa sorte lá na Física, vai precisar.

Beijão, queridona!

Lorena disse...

Nando, eu adoro a Meg Cabot, tenho dois livros dela (Tamanho 42 Não é Gorda e Garoto Encontra Garota), mas já li vários. Da sério O Diário da Princesa acho que eu li até o quarto, não tenho certeza. E A Mediadora ainda não li... Mas tenho muita vontade!
Quando se trata de livros, eu ainda sou bem menininha, adoro esses romances bobos e "livros de mulherzinha", como diria a Thaís! hahahaha! E até hj leio livros infanto-juvenis com o mesmo gosto de 10 anos atrás. =P

Thá disse...

Ai que saudade!!!!! Saudade antecipada é ruim! =(

Muita sorte, queridona!!! =D

NANDO DAMÁZIO disse...

Aaahh, eu também viajo nos livros de mulherzinha, hahaha...

Por coincidência já até fiz um post sobre isso pra publicar quinta-feira.

"A Mediadora" é mesmo muito bom, me diverti à beça, uma menina que se muda para uma casa na Califórnia e se apaixona por um jovem fantasma de dois séculos que mora lá. Fora o lado romântico, a série tem muita ação também.

Adoro livros juvenis! Na verdade também não muito critério em relação a isso, leio desde romances franceses, russos e ingleses, aos clássicos brasileiros até os livrinhos de adolescentes, rs...

Já li uma penca do Sidney Sheldon também, "O Céu Está Caindo" é um dos melhores dele. E realmente os livros do Dan seguem todos a mesma linha, quem já conhece acaba enjoando.

Beijo, Lolô!

Adriano Caroso disse...

Em leitura sou igual a você, vou de tudo. Com música também. Tem só que me tocar. Confesso que também já enjoei de Dan Brown, depois de ler todos, mas vou seguir seu conselho quanto à Clarice. Também estou sumido, mas voltarei. Beijos!

MoizaCARTUNS disse...

Física e Matemática?!?! Nuss... tamanha é minha identificação por essas matérias, que estudei DIREITO pra ficar bem longe dessas coisas, hehehe

7 Fatos Inconfessáveis?! Mas até q não tem nada de anormal aí, hehehe... confesso que já curti pacas Spice Girls (mesmo sendo metaleiro, como sempre fui) :D

Abraços

Lyra disse...

Voltei de férias e vim feliz!
Há sol dentro de mim
Respiro todas as cores
Há Verão, há flores
Como é bom sentirmo-nos assim!

E é bom voltar a este espaço.

Aparece!

Um grande beijinho e até breve.

;O)

Urbano Leonel Sant' Anna disse...

Oi, Lorena!

Estou apressado, mas quero deixar só uma opinião e um brado!

Quem decide o que é bom ou ruim pra gente na arte, na mesa, no amor, enfim, na vida... é a gente mesmo e ninguém mais. Pouco importa se é alguém mais educado do que a gente, mais poderoso do que a gente ou, até, mais bonito do que a gente.

ABAIXO A ARTE CRÍTICO-MODULADA!

Um beijão, minha querida!

Ah!
Antes que eu esqueça, tem Cartola no Sensata Paranóia!

Agora sim, um beijão!

Adriano Caroso disse...

Sim Lorena. Aquele é o texto sobre a Ilha do Pirata que te falei. Se não estou enganado ele está em 06 capítulos. Fique ligada que estou republicando todos e você entenderá o porque do título e qual a ligação com Porto Seguro.
Sim, conheci Carlinhos Brown em 1985 quando ele era um total desconhecido e tocava percussão numa banda do cantor baiano, Lui Muritiba, que é um grande amigo meu e é desconhecido até hoje, por acaso ele é o pai de Amanda, a cantora da Timbalada, que quando era criança muito já carreguei no colo. A última vez que a vi, ela tinha 05 anos. Já o pai dela encontro de vez em quando, principalmente nos jogos do Bahia. Trabalhei para Brown por 03 anos, e, posso lhe garantir, isto não me faz nada importante. Não tenho nenhuma saudade daquele tempo.
Beijos

Jhoy disse...

Eu nunca fui muito de brincar de boneca, mas já pensei em ser colecionadora. Daquelas raras, especiais. Ai, são um sonho! *.*