quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

3 A.M.

E eis que minha crônica saiu na revista 3a.m. Brasil.

Obrigada, Beto, pela oportunidade! =D

PS: e a Let ali do meu lado. ;)

11 comentários:

Beto Canales disse...

Se tivesses mesmo que agradecer, seria a tua enorme aptidão com as palavras. Parabéns.

Du disse...

Parabéns pra vocês, Lore e Letícia! :)

Beijos!

Monday disse...

Com a Le do lado, fica tudo mais fácil, não?

Leandro Neres disse...

Parabéns, Loli, texto forte, envolvente, amor e tristeza, saudade tbm...

bjs

Letícia disse...

Lori,

Estou bem ao seu lado - com ou sem texto literário. Com ou sem literatura. Mas é bom encontrar um espaço e o Beto nos proporcionou isso. E aqui posso comentar.

Li seu texto ouvindo a estação da Édith Piaf e olha que foi como uma luva. Cai uma bomba e a voz do texto lembra da mulher de manias absurdas e esotéricas. É processo de criação e é bom poder escrever. A Virginia diz que o verdadeiro prazer está em escrever. Eu até concordo. Mas ser lido é bom. Faz a gente continuar e dependendo de mim, você é escritora. E das grandes. Porque é. E pronto.

Bjs de admiração e devo dizer... me vi na Mirna. Eu preciso me encontrar nos textos. É uma mania.

Parabéns, Lori.

Letícia disse...

E eu sou lerda. Não fiz propaganda. Vou postar no meu blog também. Eu e você juntas.

É o conotivismo. =)

Amigao disse...

Não sei porque não me surpreendi.Talvez por esperar exatamente aquilo, talvez por saber que ao clicar no link eu leria algo tão denso e bonito.Talvez eu já sabia que ao ler o texto minha admiração por você aumentaria ainda mais.

Beijão do amigão

tiago.augusto disse...

opa!
li seu texto! ótimo, como sempre! =)

gente, q emoção! q orgulho!! minha amiga ficando famosa!!! mas eu sabia q isso não ia demorar, asim como tb sei q coisas maiores virão... (tô na espera so seu primeiro livro!) =P

bjo.

Cadinho RoCo disse...

Publicação maravilhosa deliciosa só com um detalhe, permita-me. Pra mim você está em franca conquista deste mundo seu maravilhoso, pelo que alerto para que não caia na esparrela de te-lo já conquistado.
Cadinho RoCo

Éverton Vidal disse...

Ótimo, ótimo, ótimo! Ótimo! E o texto é daquele seu jeito, o saudosismo e tudo. Que legal. Parabéns amiga!!!!!!!!!

natália disse...

Lore, que coisa mais linda. Eu cheguei a chorar no último parágrafo.

O autor da carta me parece ser daquelas pessoas que tem a felicidades nas mãos e não percebe. Até que um dia o verde vira cinza e aí já é tarde para cultivar a plantação.

Muito linda essa crônica-cartinha.

Lindinho também é o seu nariz, sabia?

Beijo, Lore