segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Tempo...


... que eu não tenho mais de sentar aqui e ler, escrever, visitar, me admirar e compartilhar coisas. Eu faço mais um post-querido-diário, porque preciso dizer: eu não me esqueci de ninguém. Não sei porque eu sinto a necessidade de me explicar a todos, mas acho justo que seja assim, porque nunca gostei que as pessoas sumissem da minha vida sem explicação nenhuma. Então me desculpem, porque a vida anda corrida demais. Comecei a trabalhar, foi. Agora chego em casa morta, figurativamente falando, me arrasto até o sofá e fico lá até tomar coragem de tomar um banho, comer alguma coisa e deitar. Eu, que agora posso ver filmes de graça (já que trabalho numa locadora), só quero saber de dormir e nem filmes eu vejo mais, vejam que paradoxo. Tento ler e durmo sobre o livro. Deixo o computador ligado apenas para ler e responder mensagens, coisa que não faço nem de forma competente, porque deixo muitas delas passarem em branco.

Mas só queria dizer que não esqueci de ninguém. E se não os visito com a mesma frequência, é porque não gosto de chegar no canto de vocês, dizer um "oi, tudo bem" e voltar pra trás, como se meu dever tivesse sido cumprido. Visitar meus amigos não é um dever a ser cumprido, é uma satisfação, que eu tenho ao ler o que vocês escrevem, pensar sobre aquilo, rir quando vocês riem, me emocionar com a emoção de vocês, retribuir carinho e deixar meus pensamentos e impressões. Se não pode ser assim, não sei como ser de outro jeito. Então quando pode ser do meu jeito, eu deixo minha presença registrada. Devagar, com paciência, e acabo visitando todo mundo. Por ora, só posso retribuir o carinho de vocês com um post, que vocês saibam que moram todos no meu coração.

-----

Imagem: deviantart

15 comentários:

Natália disse...

Lore, fiquei muito feliz com o seu comentário. Já tinha lido aqui no seu blog que você estava sem tempo mesmo, porque estava trabalhando e se acostumando com o novo ritmo de vida.

Eu entendo você perfeitamente. Também me sinto meio com uma obrigação de dar satisfação dos meus prováveis sumiços para todos vocês. Também não gosto quando meus amigos somem sem motivo aparante e sem dizer absolutamente nada.

Desejo muita sorte na sua nova fase e que você logo logo consiga se adaptar à nova rotina e arranje um tempinho pelo menos para escrever suas coisinhas tão lindas por aqui.

Beijos, querida

Du disse...

Só vou dizer três palavrinhas: Eu te adoro.

Bruna. disse...

Lorena, seu blog é um espaço mágico :)
Dá uma sensação de casa de avó em tarde de Sol, onde tudo tem o silêncio da felicidade. Estou acompanhando, tudo bem?:)
Um beijo :*

Fabiana Farias disse...

Nós entendemos! Mas que eu sempre venho aqui para ver se tem post novo, ahh eu venho!
beijosss

Leandro Neres disse...

Eu sempre percebi essa tua preocupação e admirei... Eu tbm não estou numa fase blogueira, mas é assim, a vida é assim, nosso corpo possui seu tempo também e temos que respeitá-lo... Eu até confesso que sou um pouquinho mais egoísta, acabo sumindo e não digo nada :S
Mas para mim, a pior dor é ver alguém sumir e não dizer adeus¬¬

bjs

Beto Canales disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Beto Canales disse...

Legal.

Beto Canales disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Beto Canales disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lívia Brito disse...

Esse tempo inexistente que nos bloqueia.

Chato, isso é o que ele é.
Fica tranquila que seus amigos compreendem. E adoram saber que você não esquece de ninguém ;D

Linda a imagem, cabe muitos devaneios admirando.

Beijos Lori.

Letícia disse...

Lori,

O tempo que você precisa será dado. Você encontra esse tempo. Com o passar dos dias, você encontra.

Love u. =)

Rodrigo Brower disse...

Lindo seu template, lindo post, e uma ótima semana pra ti..eu tb não gosto de comentários simplistas, mas as vezes um oi já diz muito! Bjs

tiago.augusto disse...

lembrei de Pato Fu, Sobre o Tempo... ^^

e q imagem linda! caramba! =)

Lívia Brito disse...

"Hoje em dia preferi me 'encaixar', coisa de fora para dentro, e continuar sendo eu mesma".

É justamente isso que eu faço todos os dias.

Obrigada pela visita! Beijos.

Éverton Vidal disse...

E você mora no nosso coração.
Um graaannde abração Lorena.