terça-feira, 5 de maio de 2009

Eu Penso


"Não fossem os caminhos de emoção a que leva o pensamento, pensar já teria sido catalogado como um dos modos de se divertir."
Clarice Lispector

Pensar é como um jogo, a Clarice disse uma vez. Mas apesar da emoção, eu penso o tempo todo. "Todo mundo pensa o tempo todo", você pode dizer. Mas eu digo que penso além do pensamento comum que a gente não consegue evitar. Eu reflito profundo, eu brinco com o que me vem na cabeça, eu às vezes quero escrever sobre o que penso porque o pensamento parece grande demais pra caber apenas aqui em mim; quer expandir-se até atingir o pensar de outro. E mesmo que pensar seja um ato primariamente solitário, sempre pode-se pensar junto. Faz bem. Cresce e expande e vira aprendizado.

Eu penso que quero viver minha vida da melhor forma possível, e às vezes esse pensar me entristece, porque eu percebo que a melhor forma seria que todos estivéssemos satisfeitos com a vida; mas essa não é a forma possível. Eu penso que tudo na vida caminha para o mesmo fim, que, no fim, é um novo recomeço. É energia sendo transferida, de lá pra cá, de cá pra lá, e fazendo o mundo ser o que ele é. Eu penso que a felicidade é algo muito menor do que o que as pessoas esperam que ela seja, e talvez por isso a gente reclame tanto que não é fácil de se encontrar. Ficamos atentos para o grande evento que há de vir, e o evento não é grande, mal é evento. É vida de dia a dia, felicidade de dia a dia, e se não pararmos com essa mania de grandeza, não vamos mesmo ver o que deve ser visto. E isso é algo que eu penso, profundamente. Eu penso no amanhã, para mim e para todo mundo, não em termos de status e vida doméstica. Penso no ser humano, na sociedade e e no que o mundo vai estar vivendo nos dias que hão de vir. E penso que quero ver muitas mudanças, em tudo isso, muitas coisas mudando para algo muito maior e melhor. Porque é esse o caminho que estamos trilhando, eu acrerdito. Eu às vezes penso coisas que julgo não dever pensar. E me podo e me repreendo por algo que eu sei que nada mais é do que freios morais que vim acumulando durante o meu caminho e que, no fundo, no fundo, não são suficientemente fortes para parar a emoção dos tais pensamentos indevidos. E outras vezes penso tanto em coisas que gostaria de falar, aqui, ali, que gostaria de gritar e pixar em muros, mas não consigo deixar as palavras escaparem, então acabo guardando tudo de volta dentro da gaveta que fica aqui no arquivo do meu eu, e a sensação é que eu vou sufocar com tanto pensamento sem escape. Eu às vezes penso em Deus. Em algo que é maior do que tudo, inclusive maior do que meus próprios pensamentos. E penso que algo tão grande nunca vai ser capaz de se moldar a filosofias, teorias e pensamentos que, no fundo, são tão pequenos. E nessas horas percebo que se não deixar que me venha também o sentir, toda essa reflexão costumaz não vale de nada mesmo. Porque o único lugar onde o pensamento de um deus é capaz de caber é o coração das pessoas.
---

Imagem: deviantArt

10 comentários:

Du disse...

Estes pensamentos seus, nem parecem ter sido jogados na tela do computador e sim, ao vento. Parece coisa engasgada e que já deveria ter saído há muito tempo. :)

Acho incrível como me identifico com seu jeito de pensar e sentir. Foi mais ou menos o que você disse lá no blog. :)

Beijos no coração, saudades sempre!

Kenia Cris disse...

A gente tem que se orgulhar de pensar coisas grandes e belas assim. Pelo menos dentro de nossas cabeças somos livres ainda, pra fazer as coisas do jeito que quisermos. Você me lembrou de um dos meus livros favoritos, de George Orwell - 1984 - Se a 'polícia do pensamento' descrita por ele no livro cruzasse com uma dessas coisas da sua cabeça não teria a menor chance. É bom demais saber q tem gente q pensa bonito e q pensa como a gente. Beijo carinhoso.

Fabiana Farias disse...

Também tenho a sensação de pensar demais e sentir de menos. E essa tal felicidade que eu espero nunca chega. Você está certíssima. Mas é difícil por os pensamentos na prática, né? Parar de reclamar e aceitar as coisas como são e aproveitar a vida com todas as pequenas felicidades.

=) Você é muito especial, Lore! Posso chamar assim?
Beijos

Líviarbítrio. disse...

Pensar é sufocante, mas um modo de aprendizado e diversão - como você diz.

"E outras vezes penso tanto em coisas que gostaria de falar, aqui, ali, que gostaria de gritar e pixar em muros, mas não consigo deixar as palavras escaparem, então acabo guardando tudo de volta dentro da gaveta que fica aqui no arquivo do meu eu, e a sensação é que eu vou sufocar com tanto pensamento sem escape".

Sempre, e o tempo todo. Tenho a parede do meu quarto toda rabiscada, com pensamentos, frases e sonhos. Quando penso demais sinto-me em um quarto escuro, por isso escrevo onde eu possa ler e refletir sempre.

Pensar, por vezes, é um modo de tortura. Angustiante e livre.

Vai entender... x)
Beijos.

Letícia disse...

Lori,

Eu entendo bem essa formação de pensamento e como escrevê-los para que se possa fazer um texto. Simplesmente, o pensamento gigante, não cabe no papel. Você pensa tanto que acaba trazendo mais linha e mais linha e é um novelo enorme. Aí não cabe mais. O bom é exercitar. Eu faço isso. Seleciono tópicos e escrevo poucas linhas antes de me emaranhar nos meus pensamentos de gente maluca. Sou assim. "Penso mais que existo". =)

Carlinha Abreu disse...

"Eu às vezes quero escrever sobre o que penso porque o pensamento parece grande demais pra caber apenas aqui em mim"

Eu também sinto isso, o tempo todo. Também me sinto sufocada por pensamentos. Pensar me cansa. Porque parece que não vai caber e eu penso que nunca vou conseguir desabafar; porque me faz me preocupar com o futuro; porque há coisas que escapam do meu entendimento; porque eu sempre espera algo, sem saber que o melhor que pode me acontecer é o desconhecido. Aí, acabo achando que sentir é mais importante, porque pensar não basta!

Adorei o post. Aliás, seus posts estão cada vez mais lindos ;)

Beijos
:*****

Thais disse...

Ai, eu sempre me vejo tanto em vc!!!!!
Eu tbm penso demais, mas recentemente minha vidinha me exige tanto que tenho pensado menos. Mas é gostoso pensar.. Ainda que doloroso. Sei lá. Pensar me faz ter medo do mundo no futuro. =/

Beto Canales disse...

muito legal.

Lecca disse...

Gostei do seu blog, muitas vezes nos identicamos o que aqui esta escrito, acredite!

Su disse...

Lô, eu nem vou falar nada!!
Seu texto está lindo e riquíssimo!!
"Porque o único lugar onde o pensamento de um deus é capaz de caber é o coração das pessoas."
Vc disse tudo nessa frase!!
Beijos, querida!!!