sábado, 11 de julho de 2009

Teste de Personalidade



Vi no blog da Thais e no blog do Vidal, achei muito interessante e resolvi fazer também. E é incrível como muita coisa bateu comigo! Gosto desses testes, sempre gostei, mesmo aqueles de revistas de adolescentes bem bobos, eu fazia todos. E sempre acho que é uma forma de se conhecer, mesmo que os testes não sejam dos mais confiáveis, muitas vezes percebemos características nossas das quais nunca tínhamos nos dado conta antes de ler ali na descrição, junto com tantas outras bem óbvias... E se for algo que requer alguma mudança, a percepção é sempre um ótimo incentivo para que ela aconteça.


Como os meninos, vou grifar as partes que achei que mais bateram, além de fazer eventuais comentários ao longo do texto.

Meu resultado:

Seu modo principal de viver é focado internamente, lidando com as coisas de acordo com a maneira com que você se sente quanto a elas, ou de acordo com a maneira com que elas se encaixam no seu sistema de valores pessoais. Seu modo secundário é exterior, através do qual você absorve fatos principalmente através da sua intuição.

Você, mais do que outras pessoas que são intuitivas e que dão mais ouvidos aos sentimentos do que à razão pura, é focado em fazer do mundo um lugar melhor para as pessoas. Sua primeira meta é encontrar o seu significado na vida, perguntando coisas do tipo: “Pra quê eu existo? Qual é o meu propósito? De que maneira eu posso melhor servir a humanidade durante a minha vida?” Você é uma pessoa idealista e perfeccionista (nem tão perfeccionista, mas bastante idealista), e se esforça ao extremo para atingir os objetivos que identificou para si mesmo (e também não sou determinada em relação a objetivos).

Você é muito intuitivo sobre as pessoas. Você conta totalmente na sua intuição para te guiar, e usa suas descobertas para buscar constantemente o valor da vida. Você está numa missão contínua para encontrar a verdade e o significado das coisas (coisa de bióloga). Cada interação e cada pedaço de sabedoria adquirida é filtrada pelo seu sistema de valores, e avaliada para ver se existe algum potencial para lhe ajudar a definir ou refinar mais ainda seu próprio caminho na vida. A meta final é sempre a mesma – você se esforça para ajudar as pessoas e para fazer do mundo um lugar melhor.

Em geral, uma pessoa gentil e de muita consideração, você é um bom ouvinte e deixa as pessoas à vontade. Mesmo que reservado ao expressar suas emoções, você se importa demais com os outros, e é genuinamente interessado em entender as pessoas
(MUITO a ver). Esta sinceridade é percebida pelos outros, fazendo de você um amigo especial, e em que se pode confiar. Você geralmente é muito caloroso com as pessoas que você conhece bem.

Você odeia conflitos, e faz o que puder para evitá-los. Se você precisa encará-los, será sempre utilizando a perspectiva dos seus sentimentos(na verdade eu tento usar a razão na maioria das vezes, mas sou sim bastante passional). Em situações de conflito, você dá pouca importância para quem está certo e quem está errado. Você presta atenção à maneira com que você se sente quanto ao conflito, e não se importa muito se seus sentimentos estão ou não corretos. Você simplesmente não quer se sentir mal. Essa característica às vezes faz com que você aparente ser uma pessoa irracional e ilógica em situações de conflito. Por outro lado, você faria um ótimo papel de mediador, e tem facilidade de resolver os conflitos dos outros, porque você entende intuitivamente as perspectivas e os sentimentos das pessoas, e quer genuinamente ajudá-las.

Você é flexível e despreocupado, até que um de seus valores seja violado
. Assim, se seu sistema de valores está sendo ameaçado, você pode se tornar agressivo lutando com muita garra e paixão por sua causa
(não exatamente agressiva, mas apaixonada, sim). Quando você começa um projeto no qual se interessa, é muito comum que este se torne uma “causa” para você. Apesar de você não ser uma pessoa focada em detalhes, você cobrir cada detalhe necessário com vigor e determinação, enquanto lutando por essa sua causa.

Quanto a detalhes mundanos da vida (como lavar, limpar, passar, etc), você praticamente não está ciente deles
(super verdade!). Você pode passar meses sem perceber as manchas no carpete, mas você cuidadosamente e meticulosamente remove aquele filetinho de poeira que caiu em cima do seu caderno de projetos.


Você não gosta de ter que lidar com fatos concretos e com lógica
. Seu enfoque pessoal nos seus sentimentos e na condição humana torna difícil que você lide com decisões impessoais. Você não compreende nem acredita na validade de uma decisão que não leva as pessoas em consideração, fazendo de você uma péssima pessoa para tomar esse tipo de atitude. Você provavelmente evitará análises impessoais, apesar de poder desenvolver esta capacidade, e de conseguir ser bastante lógico. Sob estresse, é comum que você utilize a lógica de uma maneira errada quando, por exemplo, num momento de raiva, em que você cita fato após fato (e geralmente não completamente corretos) em uma explosão emocional (eu raramente explodo a ponto de fazer algo assim. E quando explodo, reajo mais fisicamente [como sair correndo, chorar, essas coisas] do que consigo falar, realmente).

Você tem padrões altíssimos ("altíssimos" é exagero...) e é um perfeccionista. Consequentemente, você é muito duro consigo mesmo, e não dá muito valor às suas conquistas. Você pode acabar tendo problemas na hora de trabalhar em um projeto em grupo, pois seus critérios e padrões tendem a ser bem mais altos do que os do resto do grupo (não é verdade). Nessas situações, você pode ter um problema de “controle”. Você precisa tentar equilibrar seus ideais com suas necessidades do dia-a-dia. Sem resolver este conflito, você nunca ficará feliz consigo mesmo, e pode ficar confuso e paralisado quanto ao que fazer de sua vida.

Pessoas como você geralmente são escritores talentosos. Você pode se sentir esquisito e desconfortável em se expressar verbalmente
(minha nossa, e como!), mas você tem uma capacidade maravilhosa de definir e de expressar no papel o que você está sentindo. Você também gosta de participar de profissões de cunho social, como na área de aconselhamento ou de educação. Você se encontra o mais confortável e feliz possível quando trabalha pelo bem das pessoas, e onde você não precisa usar lógica intensamente.

Se você desenvolver suas potencialidades você poderá realizar feitos maravilhosos, apesar de que provavelmente você nunca irá reconhecê-los como tais. E lembre-se: algumas das pessoas que mais causaram desenvolvimentos dos seres humanos no mundo foram pessoas como você.


-----

Realmente achei muito interessante e recomendo a quem quiser fazer!

Minhas férias estão decretadas e pretendo tirar umas férias do computador também. Mas de vez em quando eu apareço para colocar o assunto em dia, com alguns boletins ocasionais.
Até! =)

17 comentários:

Éverton Vidal disse...

O teste da Du também saiu como o nosso rs. Somos trigêmeos? Hahaha

Mas se percebe as diferenças pelos comentários em cinza e até na escolha das partes que "falam mais".

Legal Lorena. Bom te conhecer melhor.

Inté!

Du disse...

Lore, eu vi o teste lá no blog do Vidal e imediatamente fui fazer o meu! Qual foi minha surpresa quando o resultado foi igual ao do Vidal? E agora chego aqui, e o seu teste deu igual ao nosso! rsrsrs
Mas isto já era esperado, né? Acho que nós três temos muitas coisas em comum mesmo! =)

Vou postar o meu na segunda!

Beijão querida!

Glaucia disse...

Ai, ai!
O meu tbm está exatamente igual

o/

mas se encaixou perfeitamente...
que estranho.

rsrsr

Thais disse...

Eu vi uma parte, lá no comecinho, parecido com meu teste. Mas caramba, como vc e o Vidal se parecem!! =O

Pois é, Lóris, o template ficou todo doido ontem, daí eu mudei, fiquei acordada até de madrugada! Oo

Kenia Cris disse...

Eu já devia estar na cam há muiiiito tempo, mas hoje é uma daquelas noites... simplesmente não consigo fechar os olhos e quando vi que tinha um novo post seu pensei, 'bem, antes de dormir vou dar só uma olhadinha'... :P Adoro testes de personalidade - tanto de fazer quanto de ler o resultado dos outros pq a gente acaba sabendo mais um pouco sobre as pessoas que gostamos, conhecemos mais delas. Bom demais saber mais de você.

Tenha férias excelentes, fará mta falta por aqui então, não deixe de vir vez em quando. Beijo grande e repleto de carinho.

dreamsaboutme disse...

Achei seu blog no da Bruna e achei tão legal..Ela disse por lá que você lmbra a Audrey para ela, e eu digo que concordo..Achei ótimo passar por aqui, e achei bem interessante seu resultado. Bjkss e prazer em conhecer seu espaço ;)

Kenia Cris disse...

Olá moça bonita sem laço de fita! :P
Tem um selo pra vc no meu blog de poesia. Passa lá pra pegar quando tiver tempo.

Beijo grande grande!

http://poesiatorta.blogspot.com

Camila disse...

Eu já fiz esse teste há um tempo atrás, mas nem lembro o que deu. Agora fiquei curiosa e acho que vou refazê-lo. Até porque também adoro esse tipo de teste.

Boas férias, Lores!

Beijos!

Zélia disse...

Eu corri pra cá quando vi o título da postagem no meu blog. Dá logo uma curiosidade quando o assunto somos nós mesmos. E saber o que é dito de nós intriga qualquer um. Não conheço esse teste mas acho que vou fazê-lo assim que tiver um tempinho. Nunca fui muito de testes mas tenho curiosidade sim, sobre eles. Hoje, temos uma série de testes desse tipo que são fundamentados na psicologia e, por isso, importantes para como vc disse, Lorena, nos fazer refletir sobre o que somos e como estamos agindo.

Assim que eu fizer o meu, venho comentar o resultado.

Ah! E todos nós merecemos férias,sim! Inclusive do PC. Eu acredito que "a coisa" nesses blogs deve ser livre. Nada de ficamos presos a isso. A não ser que seja por vontade e não "obrigação".

Bjo e boas férias!!!

Letícia disse...

Lori,

Eu fiz, mas tinha pergunta sem reposta. Até pra isso sou troubled. Não encontrei as minhas alternativas, mas gostei do resultado e acho que sou normal. =)

Love u.

gato preto disse...

testes ;B
delícia adolescente!
ps:como eu sigo esse blog?
Um beijo!

gato preto disse...

A propósito, se decidir passar lá no Porta Curtas, veja isso aqui:
http://portacurtas.com.br/Filme.asp?Cod=4955
é um documentário sobre o Gentileza...espero que goste!
Um beijo!

On The Rocks disse...

olá,

me comunico melhor escrevendo do que falando, acho.

tem muita legal aí no post. destaco este.

bj

Carlinha Abreu disse...

O terceiro parágrafo parece comigo, só que no meu caso eu diria que é coisa de filósofa. rsrsrs Aproveita bem as viagem. Eu queria viajar também, mas já fui na semana santa :(
Beijooo

Mari disse...

Lore!
Saudades, querida!
Depois das férias que eu tirei do computa, estou de vez em quando dando uma passada pra rever as queridas amigas!
Tem selo e meme pra vc no Queer Girls!
Aproveita o descanso!!
Bjos mil!!

Du disse...

OI MOÇA BONITA!

HOJE É DIA INTERNACIONAL DO AMIGO E VIM ESPECIALMENTE DIZER QUE TE AMO, TÁ?

UM BEIJÃO NESSE CORAÇÃOZINHO LINDO QUE TU TEM!

Bruna L. disse...

Ah, minha adolescência tardia (hm, mais ou menos.. :) me faz sair fazendo todos os testes, mas este me assustou: parece que me descreveu quase que completamente... Espero seus boletins ocasionais :) Boas férias :*